expresso.ptPedro Magalhães - 25 mar 16:10

E epidemia e a opinião pública

E epidemia e a opinião pública

O vírus não olha para condições económicas quando se trata de escolher hospedeiros, mas não nos iludamos sobre a “democraticidade” da epidemia ou das medidas adotadas para a sua contenção: as suas consequências são brutalmente desiguais

A sondagem ICS/ISCTE sobre as reações dos portugueses ao Covid-19 traz algumas boas notícias. A maioria esmagadora dos portugueses adultos modificou os seus comportamentos, evitando locais com muita gente, adotando cuidados de higiene pessoal reforçados e mantendo a distância de três passos/dois metros em relação a pessoas fora de casa. Estamos no topo dos países europeus deste ponto de vista, na base dos dados conhecidos.

.

1
1