pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 25 mar 20:00

Intel vai doar 1 milhão de materiais de proteções contra a COVID-19

Intel vai doar 1 milhão de materiais de proteções contra a COVID-19

A Intel entrou na luta contra a COVID-19 e recentemente afirmou que vai doar mais de 1 milhão de EPIs, ou seja equipamentos de proteção individual.

Nesta fase crítica da disseminação da COVID-19, há várias notícias de iniciativas vindas de empresas para ajudar no combate à COVID-19. A Intel é um dos exemplos, e recentemente afirmou que vai doar mais de 1 milhão de EPIs, ou seja equipamentos de proteção individual.

A gigante californiana junta-se, então, a outras empresas, como a Apple e a Xiaomi.

A união, colaboração e solidariedade são conceitos que, certamente, vão ganhar outro sentido e mais valor assim que toda esta crise passar.

Assim, nesta fase é realmente de valorizar todas as iniciativas que possam contribuir para ajudar. Em especial todos aqueles que estão na luta da frente contra a COVID-19, isto é, os profissionais de saúde.

Intel vai doar mais de 1 milhão de equipamentos de proteção no combate ao Coronavírus

A empresa da Califórnia, conhecida pelos seus processadores, comprometeu-se a doar mais de 1 milhão de equipamentos de proteção, como por exemplo máscaras cirúrgicas e luvas que são usadas pelos profissionais de saúde. Esta oferta visa fortalecer os recursos hospitalares no combate ao SARS-CoV-2, o vírus que causa a doença COVID-19.

Segundo a Intel, os equipamentos serão fabricados na sua fábrica na Califórnia, que se destina à produção de produtos de emergência.

De acordo com o que referiu Todd Brady, diretor geral das relações governamentais da Intel, em comunicado:

Vamos continuar a procurar fontes adicionais de equipamento de proteção pessoal que possamos criar e doar o mais rápido possível, com o fim de mantermos o nosso compromisso de mais de um milhão de equipamentos.

Para além disso, a empresa adianta ainda que, em janeiro de 2020, fez um donativo de 1 milhão de dólares para a Cruz Vermelha. Esta doação teve o intuito de ajudar no combate e alívio da propagação do vírus pelo Mundo.

A Intel une-se, assim a outras grandes empresas, nomeadamente de tecnologia, como a Apple e a Xioami. A Apple vai doar milhões de máscaras aos profissionais de saúde da Europa e EUA, e a Xiaomi também irá dar máscaras à vizinha Espanha para ajudar no combate a este inimigo invisível.

Leia também:

COVID-19: Ford vai fabricar ventiladores para hospitais

1
1