eco.sapo.pteco.sapo.pt - 14 fev 14:55

Ganhos ligeiros em Wall Street. Nvidia acelera em bolsa

Ganhos ligeiros em Wall Street. Nvidia acelera em bolsa

As bolsas norte-americanas negoceiam mistas, com dois dos principais índices a aproximarem-se de recordes. A sessão está condicionada pelos receios em torno do surto de coronavírus.

As bolsas norte-americanas estão a aproximar-se dos máximos históricos registados na sessão de quarta-feira, à exceção do Dow Jones, que negoceia praticamente inalterado. Os investidores estão mais cautelosos quanto ao impacto da epidemia do coronavírus, mas animados com as perspetivas de algumas empresas.

Depois do recuo da sessão anterior, o S&P 500 avança 0,11%, para 3.366,68 pontos. O tecnológico Nasdaq valoriza 0,19%, para 9.730,55 pontos. Em sentido inverso, o industrial Dow Jones segue praticamente inalterado, perdendo apenas 0,04 pontos, cotando nos 29.423,27 pontos.

Pela positiva destaca-se a fabricante de placas gráficas Nvidia. A empresa deu orientações animadoras sobre as vendas que estima para este trimestre, o que levou as ações da tecnológica a uma valorização de 6,32%. Cada título está a cotar em 287,83 dólares.

Uma decisão da justiça norte-americana, que dá razão à Amazon num caso em que a retalhista tenta travar a atribuição à Microsoft de um contrato de 10 mil milhões de dólares pelo Pentágono, também está a marcar o dia em Wall Street. Os títulos da Amazon valorizam 0,11%, para 2.152,81 dólares, enquanto a Microsoft perde 0,24%, para 183,29 dólares.

O surto de um vírus com epicentro na província chinesa de Hubei continua a preocupar os mercados financeiros. Esta sexta-feira, as autoridades chinesas revelaram pela primeira vez que 1.700 médicos, enfermeiros e outros prestadores de cuidados de saúde também foram infetados pela nova estirpe de coronavírus, elevando em 5.090 o número de casos confirmados.

Estes números continuam a condicionar as negociações nas ações e a puxar pelos ativos de refúgio. O preço do ouro continua em alta, valorizando 0,32%, para um valor acima dos 1,581 dólares por onça.

1
1