pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 14 fev 02:00

Chrome da Google poderá criar legendas em tempo real de um vídeo

Chrome da Google poderá criar legendas em tempo real de um vídeo

No Pixel 4 a Google criou uma forma de criar legendas em tempo real. Quer elevar agora elevar essa funcionalidade e disponibiliza-la no Chrome.

A Google tem feito um esforço muito elevado para criar novas tecnologias que ajudam os utilizadores a usar a Internet. São muitas as ferramentas que permitem ter acesso a muitas funcionalidades que decerto nem existiam.

Com o Pixel 4 a gigante das pesquisas criou uma forma de criar legendas em tempo real, transpondo o que qualquer um diz para texto. A Google quer elevar agora elevar essa funcionalidade e passar a disponibiliza-la no seu browser, o Chrome.

Uma excelente novidade para o Chrome

Há muitos anos que a Google investe em ferramentas de texto e de tradução destes. Estas pretendem criar ferramentas que os utilizadores podem usar em qualquer contexto, tornando mais simples uma conversa ou a visualização de um vídeo.

Este processo parece ter começado com o YouTube onde temos já a possibilidade de usar legendas em tempo real, criadas de raiz e no momento em que o vídeo é visualizado. O seu potencial máximo parece ter chegado com o Pixel 4 e as suas ferramentas de conversão de fala para texto.

A Google quer legendas em tempo real

Uma nova introdução de código revelada mostra que esta pode ser em breve uma novidade do Chrome. O Speech On-Device API (SODA) parece que vai ser incorporado no browser, criando assim uma camada que será capaz de fazer a conversão de qualquer áudio que esteja a ser tocado.

Esta será uma excelente ferramenta para ser usada em vários cenários, com a particularidade de ser usado no browser. Para além do YouTube, não são muitos os serviços de vídeo que tenham legendas e muito menos em tempo real. Claro que será excelente, sobretudo, para todos os que têm problemas auditivos.

Qualquer vídeo poderá ser traduzido neste browser

Outra oportunidade igualmente excelente que este vai trazer é mesmo o alargamento desta funcionalidade a qualquer sistema operativo. O Chrome é um browser multiplataforma e por isso será simples de colocar a SODA tanto no Windows como no macOS ou no Linux.

Quanto ao SODA, a Google ainda não tem planos para a sua integração para testes e ainda menos para a sua chegada. Esta é mais uma prova de que a Google domina de forma completa o mercado dos browser e do que estes podem oferecer. O Chrome é hoje um do poucos motores que está em uso e isso dá-lhe uma posição invejável.

1
1