expresso.ptHenrique Raposo - 14 fev 17:26

“Eles são loucos”

“Eles são loucos”

Quando só um centrista sensato teria hipóteses de vencer Trump, até porque seria o adulto na sala, a esquerda americana ou namora com o reumatismo socialista ou namora com a cegueira do politicamente correto

Fala-se muito do radicalismo crescente da direita. Só que o radicalismo também é uma realidade à esquerda. Na verdade, até podemos dizer que a novidade dos últimos anos é o radicalismo da direita, porque a esquerda, essa, nunca largou certas formas de proselitismo. Além disso, o pós-verdade foi o pão com manteiga da academia “progressista” das últimas décadas.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.

1
1