www.publico.ptpublico.pt - 14 fev 22:45

Peladosa 2015, um tinto para deliciar os apreciadores de vinhos delicados e frescos

Peladosa 2015, um tinto para deliciar os apreciadores de vinhos delicados e frescos

Este Peladosa 2015 é um tinto com uma frescura assombrosa. Não sendo um Douro Clássico, bem maduro e concentrado, revela uma grande riqueza de aroma e sabor.

Um dos projectos mais estimulantes que surgiram no Douro nos últimos anos leva o nome de Quinta da Costa do Pinhão. A propriedade, a Quinta da Costa, situa-se na margem esquerda do rio Pinhão, junto à aldeia de Soutelinho, a deslado de Favaios, concelho de Alijó, e permanece na mesma família há seis gerações. As primeiras cinco produziram vinhos do Porto para diferentes companhias; a última, liderada por Miguel Monteiro Morais, começou a engarrafar em nome próprio a partir de 2014.  

NewsItem [
pubDate=2020-02-14 22:45:00.0
, url=https://www.publico.pt/2020/02/14/fugas/critica/peladosa-2015-tinto-deliciar-apreciadores-vinhos-delicados-frescos-1903856
, host=www.publico.pt
, wordCount=81
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_02_14_1477098944_peladosa-2015-um-tinto-para-deliciar-os-apreciadores-de-vinhos-delicados-e-frescos
, topics=[crítica]
, sections=[vida]
, score=0.000000]