eco.sapo.pteco.sapo.pt - 16 jan 09:08

Revista de imprensa internacional

Revista de imprensa internacional

Angela Merkel considera que a União Europeia é um "seguro de vida" para a Alemanha, mas alerta que o bloco tem de ser mais competitivo. A entrevista da chanceler marca a atualidade internacional.

A atualidade internacional está marcada por uma entrevista de Angela Merkel, na qual a chanceler alemã fala sobre as perspetivas que tem para a União Europeia (UE). Esta quinta-feira, também é notícia o plano multimilionário da Nestlé para usar mais plástico reciclado e um caso insólito de um antigo embaixador alemão da UE que é suspeito ser um espião ao serviço da China.

Financial Times

Angela Merkel diz que União Europeia é um “seguro de vida”

A chanceler alemã, Angela Merkel, vê a UE como um “seguro de vida” para a Alemanha, um país “demasiado pequeno para exercer influência por si só”. Numa entrevista ao Financial Times, Merkel avisa também que o Brexit é uma “chamada de atenção”. A Europa tem de ser mais “atrativa, inovadora, criativa”. No fundo, “um bom lugar para investigação e educação”, aponta a chanceler. A chave é tornar o bloco mais competitivo, na base da qual terá de estar uma reforma do projeto europeu.

Leia a entrevista completa no Financial Times (acesso pago/conteúdo em inglês).

Bloomberg

Nestlé investe quase dois mil milhões de euros em plástico reciclado

A gigante europeia Nestlé tem um plano para investir dois mil milhões de francos suíços (1,9 mil milhões de euros) no uso de mais plástico reciclado nos seus produtos. A maior “fatia” dos fundos, na ordem de 1,5 mil milhões de francos, será usada para pagar um prémio pela compra de plástico reciclado para o setor alimentar, cuja oferta é limitada. Cerca de 250 milhões de francos serão usados na constituição de um fundo de capital de risco para desenvolver novas soluções de embalamento.

Leia a notícia completa na Bloomberg (acesso condicionado/conteúdo em inglês).

Reuters

Presidente interino da Renault mantém esperança na aliança com a Nissan

O presidente interino da Renault, Jean-Dominique Senard, tem um “desejo real” de que a aliança com a Nissan funcione. “Temos um conselho que supervisiona a aliança, composto por pessoas favoráveis à parceria”, sublinhou, acrescentando que “existe um desejo comum de associar os planos estratégicos e um desejo real de tornar a aliança um sucesso”. Esta não a primeira vez que Jean-Dominique Senard tenta dissipar as dúvidas de que possa haver uma rutura na parceria entre as duas fabricantes automóveis. No início da semana, garantiu que a aliança Renault-Nissan “não está morta”.

Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre/conteúdo em inglês).

G1

EUA apoiam entrada do Brasil na OCDE

Os EUA defendem que o Brasil deve fazer parte da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). Depois de um alerta prévio ao Governo brasileiro, representantes norte-americanos reunidos em Paris (França) entregaram aos atuais membros da organização uma carta a defender que o Brasil deve poder entrar no grupo. Esta carta surge poucos meses depois de o secretário de Estado, Mike Pompeo, ter enviado uma carta à OCDE apoiando a entrada da Argentina e da Roménia, mas a mudança de Governo na Argentina, com a saída de cena de Mauricio Macri, fez com que o país deixasse de ser prioridade para os norte-americanos.

Leia a notícia completa no G1 (acesso livre/conteúdo em português).

Der Spiegel

Ex-embaixador da UE pode ser espião chinês

O procurador-geral da Alemanha, Peter Frank, está a investigar um cidadão alemão que foi alto diplomata da UE, por suspeita de ser um espião ao serviço da China. A identidade do homem não é pública, mas sabe-se que trabalha ao serviço de uma conhecida empresa de lóbi. A confirmar-se, é uma rara ocasião em que é exposto um espião de Pequim. Sob investigação estão, também, dois trabalhadores de uma outra empresa de lóbi, suspeitos de terem fornecido informação empresarial privada ao Ministério da Segurança do Estado da China.

Leia a notícia completa no Der Spiegel (acesso livre/conteúdo em alemão).

1
1