expresso.ptexpresso.pt - 15 jan 18:49

De olhos atentos a cada pedaço de mar (crónica a bordo do Ocean Viking)

De olhos atentos a cada pedaço de mar (crónica a bordo do Ocean Viking)

No Ocean Viking começaram os turnos de vigia, para prescrutar o horizonte à procura de “qualquer ponto na água, que pode ser qualquer coisa”. Se se tratar de um náufrago migrante e for resgatado para o navio, só lhe podem dar uma garantia. A voluntária na SOS Mediterranée Cláudia Brandão está a bordo e faz a crónica do segundo dia da missão

Abandonar o navio. Abandonar o navio. Isto é uma simulação.” É assim que têm sido os primeiros dias de viagem. Por muito que a vontade fosse chegar à zona de resgate (SAR) o mais rápido possível, o navio teve de parar mais do que uma vez, para que os botes de salvamento (RIHB) fossem lançados à água. Há sempre algo a aperfeiçoar e, numa situação real, não pode haver dúvidas. “Somos muito necessários na zona, mas se não estivermos bem preparados não podemos ajudar ninguém”, garante a coordenadora de SAR, a italiana Luísa Albera.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.

1
1