A CP é verdadeiramente nacional e um dia há-de chegar — e bem — a todos os lugares e a toda a gente. Precisa é de vontade política e de paciência.