Cometia também o pecado de ser feliz, de escrever romances e crónicas, de caçar raposas e de não ser o aristocrata que parecia ser, apesar da pena que tinha de não ter sido.