rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 14 jan 06:17

​Taça está de regresso

​Taça está de regresso

Com dois jogos a realizar logo à noite está de volta a Taça de Portugal, agora para a realização dos quartos-de-final, fase em que vão tomar parte clubes de todos os escalões.

O destaque principal vai, necessariamente, para a presença dos dois grandes Benfica e Futebol Clube do Porto, sem no entanto esquecer o Canelas, o único sobrevivente do Campeonato de Portugal, antiga terceira divisão.

Pelo meio podemos ainda falar do Académico de Viseu e do Varzim, ambos da segunda Liga que, tendo ultrapassado todos os obstáculos com que depararam nas fases anteriores, vão jogar a sua sorte, embora em graus de dificuldade diferente.

Falta, naturalmente, o Sporting neste lote de candidatos à viagem até ao Estádio do Jamor no próximo mês de Maio. E há ainda a garantia de que Benfica e FC Porto só poderão vir a encontrar-se nessa final, se eliminados os adversários que ainda vão ter pela frente, agora nos quartos-de-final e posteriormente nas meias-finais.

Dragões e águias são, sem esforço, considerados favoritos nos desafios desta ter��a-feira, embora em Lisboa possam vir a registar-se maiores dificuldades para que os benfiquistas consigam seguir em frente.

O Rio Ave é o adversário encarnado, e todos estão conscientes da capacidade da equipa vila-condense, reforçada por um factor tão importante determinado por se tratar de um desafio da Taça de Portugal.

Quanto aos portistas, também jogam em casa, mas o adversário é, à partida, mais acessível.

É verdade que os jogadores do Varzim não deixarão de encarar o jogo no Dragão como o jogo das suas vidas, mas há circunstâncias que parecem inultrapassáveis.

Assim, enquanto Benfica e Porto poderão estar a caminho das meias-finais, já nos outros dois jogos, Paços de Ferreira/Famalicão e Académico de Viseu/Canelas as dúvidas vão persistir até ao fim.

E só na próxima quinta-feira é que ficarão todas desfeitas.

1
1