expresso.ptexpresso.pt - 4 dez 18:31

A cimeira quase perfeita acabou com um vídeo de Trump

A cimeira quase perfeita acabou com um vídeo de Trump

A cimeira da NATO termina sob o signo dos encontros mundiais da era Trump: depois de ter sido revelado um vídeo em que vários líderes parecem troçar dele, o Presidente dos EUA cancelou uma conferência de imprensa. Mas houve muita jogada de bastidores para o manter satisfeito. E terá sido o Presidente francês a puxar ardilosamente de um “truque” que os pais usam com os filhos e que ainda parece resultar com Trump

No início do segundo e último dia da cimeira da NATO, esta quarta-feira em Londres, as tensões entre os Estados-membros eram bem visíveis. Numa altura em que a Aliança Atlântica celebra o seu 70.º aniversário, estavam à vista de todos as divergências quanto à recente ação militar da Turquia no norte da Síria e aos gastos militares de cada país com a organização. Mas um vídeo do primeiro dia do encontro, entretanto revelado, levou o Presidente dos EUA, Donald Trump, a decidir cancelar uma conferência de imprensa e a voltar mais cedo para casa.

No vídeo, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, surge num círculo de conversa com outros líderes a comentar um atraso de Trump. “Resolveu dar uma conferência de imprensa de 40 minutos”, disse Trudeau, acrescentando que a equipa do Presidente norte-americano ficou “de queixo caído”. Junto do governante canadiano estavam os primeiros-ministros britânico, Boris Johnson, e holandês, Mark Rutte, o Presidente francês, Emmanuel Macron, e a princesa Ana. Todos parecem estar a fazer comentários jocosos relativamente a Trump, mas só os de Trudeau são audíveis.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler (também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso).

Torne-se assinante

1
1