desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 4 dez 12:46

João Mário defende Bernardo Silva: "A Federação Inglesa tem de perceber a diferença entre racismo e uma brincadeira"

João Mário defende Bernardo Silva: "A Federação Inglesa tem de perceber a diferença entre racismo e uma brincadeira"

Apesar de defender o companheiro, João Mário pede 'mão firme' no combate ao racismo, em situações como as registadas em Itália....

João Mário falou à agência 'The Associated Press' sobre o racismo no futebol e admitiu que ficou perplexo com o castigo a Bernardo Silva por uma publicação dirigida a Mendy.

"É tudo muito estranho porque eu conheço o Bernardo. Acusá-lo de racismo não faz qualquer sentido", começou por dizer o médio do Lokomotiv Moscovo.

João Mário admitiu que na primeira concentração da seleção nacional depois da polémica, os jogadores tentaram falar com Bernardo Silva sobre o assunto. "Tentámos falar com ele porque este é o tipo de situação que afeta uma pessoa. Não é bom ser acusado de algo tão grave, por isso tentámos falar com ele para que percebesse que não foi racismo, foi só uma piada com um amigo", disse.

"É demasiado estranho meter o Bernardo Silva e racismo 'no mesmo saco', porque não combinam. Ele sabem bem quais foram as suas intenções. Por isso, para ele foi fácil entender que não tinha feito nada de mal. Mas, é importante que a Federação Inglesa também perceba qual a diferença entre racismo e uma brincadeira", rematou.

Apesar de defender o companheiro de seleção, João Mário pede 'mão firme' no combate ao racismo, em situações como as registadas em Itália, em que vários jogadores têm sido alvo de insultos racistas.

"Eles [responsáveis do campeonato italiano] precisam de começar a mudar mentalidades. Assim que se aperceberem que existe um problema, têm de resolvê-lo. Mas, para já, ainda não perceberam quão grave é o problema", lamentou João Mário.

1
1