www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 4 dez 12:22

Moody’s prevê aumento de 4% nos preços das casas em Portugal em 2020

Moody’s prevê aumento de 4% nos preços das casas em Portugal em 2020

A agência de “rating” estima que o preço da habitação suba em quase todos os países europeus incluídos no estudo. Em Portugal, a subida será das mais pronunciadas.

A Moody’s estima que o preço das casas em Portugal suba 4% no próximo ano, em linha com o resto dos países em análise, exceto o Reino Unido e Itália, onde se prevê uma estagnação dos preços, segundo um estudo levado a cabo pela agência norte-americana, que inclui perspetivas económicas de vários países europeus.

O país onde a agência de "rating" estima que a inflação na habitação seja maior é Espanha, onde se prevê uma subida de 5,5% no próximo ano, seguido de Irlanda (4,5%), Holanda (4,5%), Portugal (4,0%) e Alemanha (4,0%).

No lado oposto da tabela estão Itália, onde os preços da habitação deverão estagnar em 2020, Reino Unido (0,7%) e França (2,5%).

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), o preço por metro quadrado das casas em Portugal situou-se nos 1.031 euros no segundo trimestre deste ano, mais 6,4% acima do período homólogo. Já no primeiro trimestre a subida homóloga havia sido também de 6,4%.

Além da inflação dos preços na habitação, o relatório da Moody’s inclui também previsões para o desemprego, que em Portugal se deverá situar nos 6% em 2020, e para o produto interno bruto (PIB), que a agência estima ser de 1,7% no mesmo período.

Em setembro, a taxa de desemprego em Portugal fixou-se nos 6,5%, de acordo com o INE, ainda acima da meta estipulada pelo Governo português para o final de 2019 de 6,3%. 

Quanto ao PIB, o INE confirmou que a economia portuguesa cresceu 1,9% no terceiro trimestre deste ano, com mais consumo e o investimento a travar, em linha com a meta estipulada para o Governo português para este ano. 

1
1