expresso.ptexpresso.pt - 4 dez 18:31

“Ao cessar as minhas funções...”. Ministério das Finanças é o que mais louva os funcionários

“Ao cessar as minhas funções...”. Ministério das Finanças é o que mais louva os funcionários

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. A despedida é do anterior Governo. E o seu gabinete garante que não tem outra leitura (a de uma despedida anunciada). Mas o ministro das Finanças é o mais 'agradecido' de todo o Governo

Sessenta e seis pessoas são mais de metade dos trabalhadores nomeados para exercerem funções no Ministério das Finanças na anterior legislatura (118). É também o número de funcionários que mereceu louvor do chefe - ao caso, Mário Centeno e os seus secretários de Estado. Os mais recentes foram publicados esta quarta-feira em Diário da República. Desde o arranque do XXII Governo, a 27 de outubro, foram atribuídos 614 louvores por todos os ministérios.

O que distingue as Finanças é a quantidade. “No momento em que cessa funções o XXI Governo Constitucional, cumpre-me manifestar público louvor a (X) pelo seu desempenho nas funções de apoio técnico ao meu Gabinete, que sempre exerceu com lealdade, disponibilidade e sentido de método, contribuindo significativamente para o bom funcionamento deste Gabinete. Assim, muito me apraz reconhecer o desempenho de (X) como muito meritório e torná-lo público através do presente louvor”, pode ler-se em cada um dos 66 diplomas que são assinados por Centeno e secretários de Estado dos Assuntos Fiscais, Orçamento, Administração e Emprego Público e Tesouro.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler (também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso).

Torne-se assinante

1
1