expresso.ptVítor Matos - 3 dez 18:13

O Frankenstein regional, o oportunismo do ministro e a utopia de Montenegro

O Frankenstein regional, o oportunismo do ministro e a utopia de Montenegro

Marcelo aceita o estranho modelo de CCDR eleitas por autarcas mas que respondem ao Governo. E não quer aproveitar politicamente a visita de Greta Thumberg: foi o que fez Matos Fernandes com a sua carta. Já o candidato à liderança do PSD parece viver num mundo que não existe.

“Não ponham o carro à frente dos bois.” Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, a falar da regionalização no congresso da Associação Nacional dos Municípios

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler (também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso).

Torne-se assinante

1
1