expresso.ptexpresso.pt - 10 nov 12:35

PJ já ouviu companheiro da mãe que abandonou bebé no ecoponto

PJ já ouviu companheiro da mãe que abandonou bebé no ecoponto

Indivíduo vivia numa tenda com Sara, que abandonou o recém-nascido depois de ter dado à luz, na passada terça-feira. Mas não é o pai da criança

A Polícia Judiciária já interrogou o homem que era o companheiro de Sara, de 22 anos. Os dois viviam numa tenda verde em Santa Apolónia, juntamente com outros sem-abrigo. A mulher abandonou o recém-nascido num ecoponto em Santa Apolónia na última terça-feira. A notícia foi avançada pelo “Jornal de Notícias” e confirmada pelo Expresso junto de fonte da PJ.

Este homem não estava, aparentemente, a par da gravidez de Sara que ficou esta sexta-feira em prisão preventiva pelo crime de tentativa de homicídio qualificado. Nem ele nem os sem-abrigo que vivem em tendas naquela zona junto ao rio Tejo se aperceberam que Sara estava grávida. A mulher deu à luz junto ao ecoponto onde viria a abandonar a criança. A tenda onde Sara vivia juntamente com este homem fica a cerca de duzentos metros de distância do referido ecoponto.

As equipas de rua que dão apoio aos sem-abrigo naquela zona nunca viram ou referenciaram Sara, tal como o Expresso escreveu este sábado. Caso tivessem detetado uma mulher grávida naquelas condições de vida teriam de imediato alertado a Segurança Social ou as autoridades. Nesta zona junto ao porto de Lisboa vivem entre 20 a 30 sem-abrigo.

1
1