expresso.ptexpresso.pt - 10 nov 10:53

Não há razão para alarme

Não há razão para alarme

A diferença, talvez a única, dos escândalos financeiros recentes em relação ao que se passava há uns anos é que agora não escandalizam, são o nosso normal

O certo é que não tem havido tanta notícia escabrosa. Um banqueiro que trabalhava com o Vaticano e pertencia a uma loja maçónica famosa e que aparece enforcado numa ponte de Londres dava um filme policial, mas já foi há uns anitos. O Barings, fundado em 1762, que tinha a rainha como cliente, foi afundado por um seu agente em Singapura, mas foi há um quarto de século. O Lehman Brothers, uma respeitabilíssima instituição histórica nos EUA, faliu com uma dívida colossal, mas foi há dez anos...

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler (também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso).

Torne-se assinante

1
1