www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 9 nov 07:57

Dos silêncios à revolução!

Dos silêncios à revolução!

Ontem foi um dia histórico para as vítimas de violência doméstica em Portugal! Não porque o nosso governo tenha tomado medidas, porque ainda não o fez, mas sim porque foi o dia em que os silêncios acabaram - Opinião , Sábado.
Ontem foi um dia histórico para as vítimas de violência doméstica em Portugal! Não porque o nosso governo tenha tomado medidas, porque ainda não o fez, mas sim porque foi o dia em que os silêncios acabaram! E porque foi o dia em que as pessoas se mobilizaram com o barulho! Algo a que não estavam habituadas! Foi um dia revolucionário! Deixar cair a morte que está por detrás dos silêncios, (32 mortes violentas, 24 mulheres, 6 homens e duas crianças) e deixar entrar o barulho da indignação! Ontem saímos para a rua e dissemos que os minutos de silêncio, vão ser substituídos por minutos de barulho, de protesto e de revolta! E esse será sempre o nosso mote! Estive de mãos dadas com a Altice/MEO que foi a primeira grande empresa que quis dar este salto. Que quis fazer parte deste progresso e desta iniciativa! E foi através do pensamento revolucionário dos seus funcionários e dos seus dirigentes (Alexandre Fonseca, João Epifânio, André Figueiredo) que ontem conseguimos dar um passo em direção ao que espero ser o caminho para a justiça! A justiça não de ontem, nem de hoje mas de todos os dias para as vítimas de violência doméstica!
1
1