expresso.ptexpresso.pt - 8 nov 18:06

A Alemanha enfrenta “uma montanha de desafios”, que requerem novas alianças políticas e protagonistas de liderança

A Alemanha enfrenta “uma montanha de desafios”, que requerem novas alianças políticas e protagonistas de liderança

Depois de revermos o traçado do Muro que separou as duas Alemanhas durante 28 anos e de testemunhos sobre as diferenças entre os cidadãos da parte ocidental e da parte oriental, o quinto e último artigo que precede o 30º aniversário da queda do Muro de Berlim, este sábado, olha para os desafios futuros do país

A Alemanha não está apenas a comemorar o jubileu da queda do Muro e, com ela, a revolução pacífica que pôs fim à Guerra Fria, está também “a comemorar a liderança da chanceler federal, Angela Merkel, cujo tempo na chefia de Governo equivale a quase metade dessas décadas”.

Quem o diz é Philipp Sählhof, um dos diretores da Polisphere, uma rede de consultores com sede em Berlim dedicada a “melhorar a política em transformação”, a quem pedimos que pensasse nos desafios que a Alemanha enfrenta no final da era Merkel.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler (também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso).

Torne-se assinante

1
1