www.publico.ptpublico.pt - 8 nov 21:25

Marrocos, do deserto à cidade do cinema em cinco dias

Marrocos, do deserto à cidade do cinema em cinco dias

Aterrámos no deserto e seguimos de dromedário. Depois, num todo-o-terreno e por aí fomos à descoberta de 400 quilómetros. Marrocos é palmeiral, kasbah, ksar e cenário de cinema para todos os gostos. Tal como a gastronomia.

Há uma garrafa de plástico onde menos se espera. Meio enterrada na areia fina do deserto. Os dromedários deslocam-se pacientemente, seguindo o guia que os conduz, e há que olhar em redor para absorver a beleza do deserto onde o silêncio impera, assim como a extensão de areia, que parece não ter fim. Não há mar à vista, mas quando olhamos para o que parece ser o horizonte, quase que o vemos, o que é impossível, dado estarmos a mais de cinco centenas de quilómetros da costa marroquina. O deserto é o de Erg Chebbi, na região de Tafilalet, paredes meias com a Argélia.

1
1