expresso.ptexpresso.pt - 8 nov 22:34

Trump desviou dinheiro supostamente angariado para veteranos do exército

Trump desviou dinheiro supostamente angariado para veteranos do exército

Uma juíza em Nova Iorque decidiu agora que o atual presidente, cuja fundação teve de encerrar por servir outros fins que não os declarados, tem de pagar dois milhões de dólares

Em janeiro de 2016, durante as primárias republicanas na corrida para a presidência, Donald Trump faltou a um debate com os outros candidatos republicanos, promovendo, em vez disso, um evento de angariação de fundos para veteranos das forças armadas.

Acontece que a receita obtida não chegou aos seus alegados destinatários. Tal como aconteceu de outras vezes em que Trump supostamente praticou beneficência ao longo dos anos. Uma vez, por exemplo, a fundação Trump gastou muito dinheiro para restaurar uma fonte à entrada do Plaza Hotel em Nova Iorque - um hotel de que o próprio Trump era dono na altura.

Como disse agora uma juíza em Nova Iorque: "As quebras do dever fiduciário do sr. Trump incluíram permitir à sua campanha que orquestrasse a angariação de fundos, permitindo à campanha, em vez da fundação, que distribuísse diretamente os fundos, e usando a angariação e distribuição dos fundos para promover a campanha política do sr. Trump".

Por outras palavras, os fundos acabaram usados para outros fins que não aqueles a que se destinavam. A juíza ordenou a Trump que pague uma multa de dois milhões de dólares. Além disso, a fundação Trump - que parece ter servido muitas vezes para canalizar fundos para as empresas de Trump - encerra portas de vez, como já antes fora decidido.

Porém, ao contrário do que as autoridades em Nova Iorque tinha pedido, Trump e os seus filhos não ficaram submetidos a um impedimento vitalício de administrar organizações de beneficência.

1
1