expresso.ptexpresso.pt - 8 nov 16:57

Marcelo: bébé nascido na rua “chama a atenção para realidades sociais muito fortes”

Marcelo: bébé nascido na rua “chama a atenção para realidades sociais muito fortes”

“É muito forte a situação dos sem-abrigo”. Marcelo Rebelo de Sousa colou o caso do recém nascido encontrado num contentor à sua agenda sobre a pobreza de rua. O Presidente já exigiu ao novo Governo que diga se isto é ou não prioridade. Sem desculpar a mãe, alertou para a complexidade da questão: “é uma maternidade sofrida”

Os sem-abrigo já estavam no topo da agenda do Presidente da República mas o caso do bébé recém-nascido encontrado na noite de terça-feira num contentor de lixo junto ao Tejo, em Lisboa, veio dar argumentos a Marcelo para não largar o tema. Este caso, afirmou o Presidente, chama a atenção para realidades sociais muito fortes". Sem desculpar a mãe que abandonou o bébé e que já foi detida, Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que "é muito forte a realidade da maternidade de alguém que é sem abrigo, é uma maternidade sofrida".

Na terça-feira à noite, quando o recém-nascido foi encontrado por Manuel Xavier, um sem-abrigo, próximo da discoteca Lux, Marcelo estava a visitar instituições de apoio a pessoas que vivem nas ruas da capital e fez um reparo ao novo Governo frente às câmaras e microfones dos jornalistas. "Este é o momento de o Governo decidir se quer ou não concluir o que começou no Governo anterior, é preciso perceber exatamente o que se vai fazer e o tempo começa a ser curto", afirmou.

Referindo que "há situações muito complicadas", o Presidente alertou que estas só poderão ser enfrentadas quando se souber se o segundo Governo de António Costa "mantém a mesma linha, mantém os mesmos meios e reforça esses meios". "Não basta aprovar as leis", acrescentou, numa referência à legislação aprovada na anterior legislatura e que, percebe-se pelas suas palavras, o PR considera insuficiente, se não se passar "à ação".

Marcelo agradece pessoalmente ao sem-abrigo que resgatou recém-nascido em Santa Apolónia Presidente da República seguiu da Web Summit para a zona do Lux e encontrou-se com o sem-abrigo que salvou o bébé na noite de terça-feira. Presidente destacou o “gesto cívico e humano” do cidadão

Esta sexta-feira, questionado sobre a detenção da mulher de 22 anos suspeita de ter abandonado o filho, o Presidente alertou para a situação social "sofrida" de quem tem um filho na rua. E admitiu ir visitar o bébé (na véspera encontrou-se com o sem abrigo que recolheu o recém-nascido do contentor e a quem chamou "herói"), "combinando com a senhora ministra da Saúde e iremos com quem teve aquele gesto".

O Presidente da República abordou o tema após assistir à entrega oficial de um robô cirúrgico ao Hospital Curry Cabral, que foi doado ao Serviço Nacional de Saúde pelo centro Ismaili liderado pelo príncipe Aga Khan. Impressionado com "o salto em frente" que o robô significa para o setor da Saúde, Marcelo recusou-se a comentar as mais recentes situações de rutura em hospitais públicos denunciadas por administradores hospitalares, remetendo o assunto para a ministra da pasta, que estava ao seu lado.

1
1