expresso.ptexpresso.pt - 12 out 12:18

Angola já pagou 182 milhões de euros a construtoras. Mas contas não batem certo

Angola já pagou 182 milhões de euros a construtoras. Mas contas não batem certo

Estado angolano já saldou uma parte significativa das dívidas mas empresas queixam-se de cortes e desacertos nos cálculos

Um ano depois da ofensiva diplomática em Luanda do primeiro-ministro, António Costa, ter dado o pontapé de saída, o movimento de regularização das dívidas de Angola às construtoras portuguesas regista avanços favoráveis, mas as contas nem sempre batem certo e uma boa parte dos intervenientes está insatisfeita com os resultados.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler (também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso).

Torne-se assinante

1
1