expresso.ptexpresso.pt - 12 out 14:28

Empresas já estão a contratar 'clones'

Empresas já estão a contratar 'clones'

Recrutamento. Inteligência artificial e reconhecimento facial estão a ser utilizados pelas empresas para recrutar candidatos iguais aos seus melhores profissionais. Especialistas dizem que é um sistema perigoso e um atentado à diversidade

Nos últimos anos, a tecnologia ganhou terreno nos processos de recrutamento. Falar de primeiras entrevistas mediadas por algoritmos ou robôs e de currículos que não são selecionados por humanos mas por máquinas já não surpreende muitos. Sob a promessa de uma redução nos custos e no tempo de espera, empresas e gestores foram-se rendendo à supremacia da máquina num território, outrora, apenas humano: encontrar o melhor profissional para uma função. Mas poucas eram as organizações que deixavam, exclusivamente, nas mãos da tecnologia a decisão de quem contratar. Até agora. No Reino Unido, algumas empresas estão a automatizar o processo de seleção de candidatos e a recrutar clones dos melhores profissionais que já tiveram. Os especialistas alertam para os riscos.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler (também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso).

Torne-se assinante

1
1