rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 12 out 21:43

​Santuário de Fátima recebeu 4,5 milhões de peregrinos até setembro

​Santuário de Fátima recebeu 4,5 milhões de peregrinos até setembro

Reitor do Santuário de Fátima diz que, depois do ano do centenário, o número de peregrinos continua a estabilizar e anuncia que a cidade do Panamá vai ter um santuário dedicado a Nossa Senhora de Fátima.

O Santuário de Fátima registou, nos primeiros nove meses do ano, cerca de 4,5 milhões de peregrinos que participaram nas 7.658 celebrações oficiais.

Deste número não fazem parte as pessoas que vêm a Fátima e que não participam nas celebrações.

Na conferência de imprensa de abertura da peregrinação de outubro, o padre Carlos Cabecinhas referiu que o número revela “a continuidade da estabilização do número de peregrinos no santuário”.

Em termos de grupos inscritos, e no mesmo período, o santuário registou 1.235 grupos portugueses e 2.040 estrangeiros, sendo que os grupos portugueses trouxeram mais pessoas do que os estrangeiros.

Santuário de Nossa Senhora de Fátima vai ser construído no Panamá

Para o padre Carlos Cabecinhas, um dos momentos marcantes deste ano foi a ida da imagem peregrina de Nossa Senhora à Jornada Mundial da Juventude, no Panamá.

Um momento que o reitor considerou “importante não só pela participação na Jornada Mundial de Juventude, mas também porque teve um programa paralelo de ida aos lugares mais periféricos marcados pelo sofrimento, como foi o caso de uma visita a uma prisão, a um hospital oncológico e a um bairro degradado”.

Um dos frutos desta visita, anunciou o padre Carlos Cabecinhas, vai ser solenemente anunciado amanhã pelo arcebispo do Panamá. Trata-se, revelou o sacerdote, da “construção de um santuário dedicado a Nossa Senhora de Fátima na cidade do Panamá”.

O desejo de ali construir o espaço foi transmitido em janeiro à reitoria do santuário de Fátima e, desde então, foram estabelecidos contactos, tendo ficado decidido que “o núcleo desse novo santuário será constituído por uma réplica da capelinha das aparições, da qual assinalamos este ano os 100 anos da construção”.

A peregrinação internacional de outubro é presidida pelo arcebispo de Seul, cardeal Andrew Yeom Soo-Jung e assinala a 6ª aparição de Nossa Senhora aos pastorinhos. Nesta que será a última das grandes peregrinações internacionais no recinto de oração, este ano, estão inscritos 157 grupos de mais de duas dezenas de países, entre eles muitos da Ásia.

1
1