www.publico.ptpublico.pt - 12 out 00:50

Robin Knox-Johnson: “Eu olho para o mar e vejo um amigo que me oferece liberdade”

Robin Knox-Johnson: “Eu olho para o mar e vejo um amigo que me oferece liberdade”

Foi o primeiro velejador a percorrer as 26 mil milhas náuticas à volta do mundo sem assistência e sem paragens. Esteve recentemente em Portugal e, em conversa com a Fugas, recorda os mais marcantes e os mais difíceis momentos dessa viagem que começo

Mais de quatro mil montanhistas já subiram ao topo do monte Evereste; mais de 600 pessoas já viajaram no espaço; até hoje, menos de uma centena de velejadores percorreu as cerca de 26 mil milhas náuticas à volta do mundo de barco sem assistência e sem paragens. O primeiro a fazê-lo foi Robin Knox-Johnson. A 14 de Junho de 1968, o velejador inglês, a bordo do Suhaili, partiu de Falmouth, no Sudoeste do Reino Unido, para competir na Golden Globe Race, a primeira regata à volta do mundo. Trezentos e doze dias mais tarde, apesar de ter velejado numa das mais pequenas (9,8 metros) embarcações em prova, Robin Knox-Johnson e o Suhaili regressaram a Falmouth. Foram os primeiros e os únicos. Mais nenhum dos outros oito barcos concluiu a Golden Globe Race. Cinquenta anos depois, a Fugas conversou com Robin Knox-Johnson em Portimão, durante a paragem da Clipper Round the World Yacht Race na cidade algarvia.

1
1