www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 9 out 16:06

Hays Travel compra agências da Thomas Cook no Reino Unido

Hays Travel compra agências da Thomas Cook no Reino Unido

A cadeia britânica de agências de viagem Hays Travel vai comprar as 555 lojas da Thomas Cook no Reino Unido e garante que tentará manter os cerca de 2.500 funcionários.

A Hays Travel vai comprar todas as agências de viagem da Thomas Cook no Reino Unido, o que poderá permitir "salvar" cerca de 2.500 postos de trabalho.

O acordo para esta aquisição foi intermediado pela KPMG, que está a ajudar a gerir algumas subsidiárias da falida operadora turística. Em causa estão 555 lojas e cerca de 2.500 funcionários que a Hays, a maior cadeia de viagens independente do Reino Unido, vai tentar manter.

"Somos uma empresa de sucesso e, como somos independentes e oferecemos todos os operadores turísticos, estamos otimistas de que vamos ser bem-sucedidos em todas as lojas", afirmou o fundador John Hays em declarações aos jornalistas, após o acordo, citado pela Reuters.

A empresa, com 40 anos, e sede em Sunderland, no nordeste de Inglaterra, tem 190 agências no Reino Unido e cerca de 1.900 funcionários. De acordo com a agência de notícias, no ano passado, as suas receitas atingiram mil milhões de libras (cerca de 1,12 mil milhões de euros).

A administração da Hays Travel admitiu estar otimista de que as novas agências contribuirão para o crescimento da atividade, graças à abordagem distintiva da empresa, que passa muito pelas redes sociais.

"A morte das agências de viagem de rua é uma questão muito antiga, mas sentimos que fazemos algo diferente em relação aos outros agentes", explicou John Hays.

"Vivemos num mundo digital. A internet era inimiga da Thomas Cook. Se perguntarem a qualquer membro da equipa da Hays Travel, dirão que a internet é sua amiga, porque interagimos de forma positiva com ela".

A empresa garante não ter planos para encerrar nenhuma agência, mas vai avaliar o desempenho de cada uma daqui para a frente.

De acordo com a Reuters, a Hays Travel não deu detalhes sobre o valor da compra, adiantando apenas que será fechada sem recurso a dívida.

1
1