eco.sapo.pteco.sapo.pt - 9 out 18:02

Accenture considerada a mais diversa e inclusiva do mundo

Accenture considerada a mais diversa e inclusiva do mundo

A multinacional foi distinguida pelo segundo ano consecutivo no Índice Diversidade & Inclusão, da Refinitiv, que destaca as 100 empresas cotadas em bolsa que mais apostam na diversidade e inclusão.

A Accenture foi considerada, pelo segundo ano consecutivo, a empresa mais diversa e inclusiva do mundo no Índice Diversidade & Inclusão, da Refinitiv. A multinacional é reconhecida pela aposta na diversidade em cargos executivos, pela igualdade no local de trabalho, investimento no desenvolvimento de talento e promoção de um diálogo global.

O conselho de administração da Accenture é composto por pessoas de seis países em quatro continentes, entre elas cinco mulheres (42%), incluindo a CEO, Julie Sweet. Até 2025, a Accenture definiu como objetivo alcançar “uma força de trabalho equilibrada a nível de género“, através do programa global da empresa “Pride Ally” e da rede global “Disability Champions”, para pessoas com capacidades reduzidas.

Construir uma cultura de igualdade onde todos podem progredir é a chave para quem somos enquanto empresa”, sublinha Julie Sweet, CEO da Accenture. “Valorizamos os backgrounds, capacidades e experiências únicas de cada colaborador e responsabilizamo-nos pelo progresso feito face aos grandes objetivos a que nos propomos.”

"Quando as pessoas têm um sentimento de pertença e se sentem valorizadas pelas suas contribuições, perspetivas e circunstâncias únicas, estão mais propensas a progredir e sentem que podem inovar”

Ellyn Shook

chief leadership e human resources officer da Accenture

O ano passado, a Accenture investiu 927 milhões de dólares (cerca de 845 milhões de euros) em aprendizagem contínua, desenvolvimento profissional e na requalificação dos seus colaboradores para os ajudar a manterem-se relevantes em áreas como cloud, inteligência artificial e robótica. Para promover o diálogo global, a empresa desenvolve publicações anuais em liderança com o objetivo de contribuir para o diálogo sobre igualdade no local de trabalho, como é exemplo o relatório Getting to Equal: Disability Inclusion Advantage.

O índice identifica as 100 empresas cotadas em bolsa com os ambientes de trabalho mais diversos e inclusivos, baseando-se em dados relacionados com fatores ambientais, sociais e de governance. No pódio, em segundo lugar ficou a empresa de bebidas britânica Diageo e em terceiro o Royal Bank of Canada, no Canadá. Entre as primeiras dez empresas mais inclusivas encontramos ainda a Natura Cosmeticos, a BlackRock, Inc., a Telecom Italia, a Novartis e a Allianz.

1
1