www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 20 set 07:30

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta sexta-feira é dia de bruxaria quádrupla (quadruple witching) nos mercados europeus e norte-americanos, o que traz grande volatilidade à negociação.
Hoje há bruxaria quádrupla nos mercados

Hoje é dia de bruxaria quádrupla ("quadruple witching") nos mercados de ambos os lados do Atlântico. E quádrupla porque se dá o vencimento simultâneo de quatro contratos: futuros e opções sobre índices e sobre acções, tanto nos EUA como na Europa. O nome do dia faz assim referência a estes quatro vencimentos e às bruxas. Mas porquê as bruxas? Os mercados têm o termo ‘witching hour’ (a hora da bruxa) que é a última hora de negociação da sessão bolsista. Uma vez que o vencimento destes quatro tipos de contratos exerce grande influência no desempenho do mercado, o termo é tido como adequado para a situação, já que essa "hora da bruxa" será um curto período em que quem pratica feitiçaria fica especialmente mais activo e poderoso. 

Assim sendo, este é um dia historicamente mais volátil, especialmente na última hora de negociação, com um elevado volume de transacções. Isto porque os investidores que precisam de fechar posições podem movimentar o mercado a qualquer preço, levando as cotações a oscilarem erraticamente. O ‘quadruple witching’ ocorre quatro vezes por ano, nas terceiras sextas-feiras dos meses de março, junho, setembro e dezembro.

Dívida de Espanha avaliada

Duas agências de "rating" têm agendada para esta sexta-feira uma possível revisão da notação financeira atribuída à dívida espanhola. A Standard & Poor’s e a DBRS podem, assim, pronunciar-se sobre o perfil de risco das obrigações do país vizinho, bem como comentar o impacto dos estímulos do BCE para o país.

Também hoje, a S&P poderá ter uma palavra a dizer sobre a classificação da dívida da Bélgica e a Fitch poderá debruçar-se sobre o rating e outlook da Dinamarca.

Os relatórios sobre os ratings e perspectivas para as dívidas soberanas podem não ser publicados, uma vez que o calendário de eventuais revisões das notações soberanas é apenas indicativo.

Novos indicadores económicos em foco

No dia de hoje há dados económicos importantes a serem divulgados um pouco por todo o mundo. Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) publica o índice de preços da habitação no segundo trimestre, bem como os dados provisórios de 2018 sobre as empresas em Portugal. Teremos também os indicadores coincidentes do Banco de Portugal.

Na Zona Euro teremos a divulgação dos dados relativos à confiança do consumidor em setembro.

High Bridge reduz para metade na Pharol

A High Bridge Unipessoal, que detinha uma posição de 9,99% na Pharol e estava numa situação de incumprimento com o BCP, já reduziu a posição na empresa liderada por Luís Palha da Silva.

Num comunicado emitido à CMVM pelo BCP, uma vez que é o banco que tem os direitos de voto correspondentes à posição da High Bridge, é revelado que esta empresa reduziu a participação qualificada na Pharol para 4,88% do capital.

Irão avisa Washington e Riade que qualquer ataque resultará em guerra

As tensões entre o Irão e a Arábia Saudita, apoiada pelos Estados Unidos, estão em crescendo. Depois de acusados formalmente de serem responsáveis pelos ataques à petrolífera do Estado saudita, os iranianos dizem-se prontos a retaliar caso as restantes nações avancem com represálias.

Esta frente e as tensões comerciais EUA-China vão continuar a centrar as atenções do investidores.

1
1