observador.ptobservador.pt - 20 set 10:18

Jovem morreu esfaqueado. Quem estava lá não ajudou, mas filmou

Jovem morreu esfaqueado. Quem estava lá não ajudou, mas filmou

Um jovem de 16 anos morreu depois de ter sido esfaqueado numa discussão com outros. Cerca de 50 jovens assistiram e nada fizeram, a não ser filmar com os telemóveis.

Um adolescente norte-americano morreu, nos EUA, depois de ter sido agredido e esfaqueado durante uma discussão com outros. O grupo de jovens que presenciou a luta e o crime ficou a filmar a disputa, em vez de ajudar a vítima.

O incidente ocorreu na passada segunda-feira, num centro comercial ao ar livre em Long Island (Nova Iorque), refere o New York Times. Khaseen Morris, de 16 anos, estava com uns amigos quando um outro grupo de jovens o atacou, num encontro que tinha sido previamente combinado, de acordo com as autoridades, citadas pela CNN.

Cerca de 50 adolescentes que estavam por perto não só não o ajudaram como alguns até filmaram a discussão com os seus telemóveis.

O motivo da discussão? Uma rapariga. Khaseen Morris foi esfaqueado e ainda foi encaminhado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morreu nessa mesma noite. Outros dois jovens ficaram feridos na disputa.

O principal suspeito do esfaqueamento, Tyler Flach, de 18 anos, foi detido esta quarta-feira e acusado de homicídio. Foi presente a tribunal no dia seguinte e declarou-se inocente. O advogado do suspeito deu a entender que a vítima estaria ligada a um gangue, mas as autoridades já desmentiram esta informação.

ACCUSED KILLER ARRAIGNED: Tyler Flach, 18, was part of a group who took part in a school brawl that resulted in the stabbing death of 16-year-old Khaseen Morris, said Nassau County Police. Investigators believe the fight was over a girl.

DETAILS: https://t.co/eQUMOMbiEn pic.twitter.com/P40mOCxD8v

— FOX 29 (@FOX29philly) September 19, 2019

1
1