pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 13 set 13:30

Não instalou o Apple Music e quer usá-lo para ouvir música? Não se preocupe, há solução!

Não instalou o Apple Music e quer usá-lo para ouvir música? Não se preocupe, há solução!

É possível usar o Apple Music mesmo não tendo a aplicação instalada no dispositivo. Como? É muito simples!

O Apple Music é a grande investida da empresa de Cupertino para atacar os serviços de streaming cada vez mais usados, nomeadamente o Spotify. Apesar de ser um serviço criado a pensar nos dispositivos Apple, está disponível em várias plataformas.

Inclusivamente, é possível usar o Apple Music mesmo não tendo a aplicação instalada no dispositivo. Como? É muito simples!

Foi no passado dia 5 que a Apple apresentou a nova interface do Apple Music que passa a permitir o streaming de música do serviço diretamente a partir de qualquer browser sem a necessidade de instalar o iTunes ou a aplicação Apple Music no seu dispositivo.

A nova interface foi lançada em versão beta para todos os subscritores atuais do serviço em beta.music.apple.com. A interface tem bastantes semelhanças com a aplicação Música que irá ser lançada no macOS Catalina no final deste ano, só que esta funciona em qualquer browser, incluído no seu maior rival Google Chrome, e em qualquer sistema operativo como o Windows 10, Chrome OS ou Android.

Esta versão beta do serviço oferece o catálogo completo existente no serviço Apple Music, tal como todas as músicas e playlists que o utilizador já tenha guardado anteriormente são sincronizadas nesta versão automaticamente. Também todas as estações de rádio estão presentes.

anterior próxima

No entanto, este serviço não trará todas as funcionalidades já presentes na aplicação Apple Music… Como por exemplo a estação Beats 1 live broadcast, alguns conteúdos de vídeo original da Apple e smart playlists. No entanto, a empresa diz que está a trabalhar nessas funcionalidades e será uma questão de tempo até serem adicionadas a esta nova versão.

Irá também passar a ser possível fazer a subscrição do serviço Apple Music diretamente a partir do seu website, o que certamente irá trazer novos subscritores para a empresa. Esta nova versão irá assim permitir à Apple chegar a outras plataformas como por exemplo o Chrome OS e o Linux sem ter de estar a desenvolver e dar suporte a uma diferente aplicação para cada sistema operativo.

Este novo serviço coloca ainda mais pressão no seu rival direto, o Spotify, que recentemente alcançou a marca histórica de 100 milhões de subscritores pagos. O serviço de streaming sueco já tem disponível esta alternativa há vários anos, permitindo a qualquer pessoa subscrever o seu serviço a partir da web sem ter de instalar qualquer tipo de aplicação.

Espera-se agora que o número de subscrições do serviço Apple Music aumente, pois anteriormente só era possível subscrever usando a aplicação tanto em iOS, Android, Windows e Mac. Também se torna muito mais prático usar o serviço em qualquer computador, pois já não é necessária a aplicação específica para fazer streaming passando apenas a ser necessário um browser.

Conheça estas dicas para tirar partido do Apple Music…

Apple Music: Dicas para explorar o serviço streaming da Apple

1
1