sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 11 set 13:18

Mulher que queima olho de cão em vídeo já foi identificada

Mulher que queima olho de cão em vídeo já foi identificada

Casal filipino vendia imagens de maus-tratos a animais na ‘net’

O vídeo mostra uma mulher, de origem filipina, com um cigarro numa mão, enquanto segura o cão com a outra, antes de queimar o olho do animal, que tem uma espécie de cordel à volta do focinho de forma a impedi-lo de ladrar. As imagens, que começaram a circular em Singapura e na Malásia, em grupos de conversa do WhatsApp, geraram revolta junto da comunidade. A Sociedade de Prevenção de Crueldade Animal (SPCA) em Singapura acabou por lançar uma investigação para encontrar a mulher.

A organização chegou mesmo a lançar um comunicado, onde dava conta de que havia indícios de que a situação não tinha ocorrido em Singapura. “Estamos a explorar todas as possibilidades e a apelar por informações credíveis para procurar justiça”, podia ler-se no Facebook da página da SPCA.

Na semana passada, o PETA Ásia (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais)  esclareceu que o caso remonta a 2014 e  identificou a mulher como sendo Dorma Ridon, uma filipina que cumpre pena de prisão perpétua. Dorma e Vicente Ridon, um casal filipino, foram condenados a prisão perpétua não só pelos crimes de crueldade animal como também por abuso infantil, tráfico de pessoas e desrespeito à vida selvagem.

A organização, que ajudou na identificação do casal, esclareceu ainda que o casal grava os maus-tratos, vendendo os vídeos numa plataforma online.

1
1