eco.sapo.pteco.sapo.pt - 15 ago 14:24

Prejuízos da Oi aumentam no segundo trimestre

Prejuízos da Oi aumentam no segundo trimestre

A empresa brasileira Oi aumentou os prejuízos no segundo trimestre deste ano para 1.559 milhões de reais (348,75 milhões de euros, ao câmbio de hoje), face ao mesmo período de 2018.

No relatório trimestral divulgado, esta quinta-feira, através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Oi refere que o prejuízo líquido atribuído aos acionistas foi de 1.559 milhões de reais no segundo trimestre, acima das perdas de 1.258 milhões de reais (281,42 milhões de euros) registadas em igual período do ano passado.

No segundo trimestre, a receita líquida consolidada foi de 5.091 milhões de reais, menos 8,2% face a igual período de 2018, a receita líquida das operações brasileiras (Brasil) totalizou 5.046 milhões de reais (menos 8,1% em termos homólogos) e a receita líquida das operações internacionais (África e Timor Leste) foi de 45 milhões de reais, menos 18,5% em termos homólogos.

Os lucros consolidados antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) no segundo trimestre deste ano atingiram 1.218 milhões de reais (268,6 milhões de euros), caindo 22,1% em relação ao segundo trimestre de 2018 e descendo 2,6% face aos números do primeiro trimestre deste ano.

A dívida líquida da Oi, no segundo trimestre do ano, aumentou 38,3%, para 12.573 milhões de reais (2.772 milhões de euros), segundo o mesmo relatório.

O investimento, entre abril e junho deste ano, foi de 2.061 milhões de reais (456,3 milhões de euros).

1
1