www.publico.ptpublico.pt - 15 ago 17:52

Frágil, este ano Locarno está tão frágil

Frágil, este ano Locarno está tão frágil

Basil da Cunha, Damien Manivel e Denis Côté dão corpo à fragilidade como tema da selecção 2019 do festival suíço.

É um tema recorrente de Locarno 2019. Do pai e da filha de Das freiwillige Jahr, de Ulrich Köhler e Henner Winckler, ao caixeiro-viajante do Technoboss de João Nicolau (e garantimos que isso terá alguma coisa a ver com a quantidade de “votos” da crítica e da indústria para dar o prémio de interpretação a Miguel Lobo Antunes). Da dupla de amigos em busca da cidade perdida de The Last Black Man in San Francisco, de Joe Talbot, à mulher confrontada com a espiral em que a sua vida se tornou de A Girl Missing, de Koji Fukada

1
1