www.publico.ptpublico.pt - 14 jul 10:19

Falha de energia deixou parte de Nova Iorque às escuras durante cinco horas

Falha de energia deixou parte de Nova Iorque às escuras durante cinco horas

A falha de energia que durou algumas horas afectou cerca de 73 mil residências, empresas e espaços públicos. O apagão, além de afectar o funcionamento normal do metro, deixou muitos cidadãos presos em elevadores.

Uma falha no fornecimento de electricidade em Nova Iorque, nos Estados Unidos, deixou no sábado à noite a zona Oeste da cidade às escuras. Segundo a Reuters, a explosão de um transformador foi a causa provável da falha de energia que deixou carruagens de metro, lojas e teatros da Broadway sem luz.

No entanto, poucas horas depois, o principal fornecedor de electricidade da cidade afirmava que a maior parte da energia da zona já tinha sido reposta.

A empresa de energia Con Edison informou que cerca de 73 mil residências e empresas estavam sem energia, principalmente no lado Oeste de Manhattan. Segundo o Departamento de Bombeiros, da rua 72 até à rua 42 e da Quinta Avenida até ao rio Hudson. Por volta da meia-noite, no entanto, a energia já tinha sido restabelecida para a grande parte dos clientes, não sendo ainda clara a causa do apagão que, segundo a empresa, “não parece estar relacionada com carga excessiva”.

Uma testemunha da Reuters afirmou ter ouvido uma explosão no Upper West Side por volta das 19h e um porta-voz do corpo de bombeiros da cidade disse que vários operacionais estavam no local a combater um incêndio num transformador.

PÚBLICO - Residentes aguardam pela reposição de energia na parte de fora da sua habitação Residentes aguardam pela reposição de energia na parte de fora da sua habitação REUTERS PÚBLICO - REUTERS Fotogaleria REUTERS

O apagão, além de afectar o funcionamento normal do metro, deixou muitos cidadãos presos em elevadores.

Jeff O “Malley, um consultor que mora em Manhattan, contou à Reuters que ficou preso durante mais de uma hora numa carruagem do metro. “Ficamos presos durante 75 minutos. Estava completamento escuro, as pessoas tiveram que usar as lanternas dos seus telefones para ver a saída”.

A movimentada Times Square, geralmente está cheias de turistas, foi afectada, e vários teatros da Broadway cancelaram os espectáculos. Na tentativa de animar os espectadores, o elenco do musical Come From Away levou o espectáculo para a rua e cantou alguns músicas em frente ao palco, mesmo sem luz.

“Acabei de sobrevoar a cidade e a maioria das luzes está acesa, mas nem todas. Neste momento, a situação mais caótica está é no West Side”, disse o governador estadual, Andrew Cuomo, numa conferência de imprensa cerca de cinco horas depois do apagão.

Com os semáforos apagados, carros e táxis entupiram alguns cruzamentos, dificultando a passagem de veículos de emergência e carros dos bombeiros. 

Este não foi o primeiro apagão na cidade de Nova Iorque. O anterior ocorreu durante a passagem do furacão Sandy em 2012. Em 2003, um grande apagão também afectou todo o nordeste dos Estados Unidos e deixou a maior parte da cidade sem energia durante um dia. O apagão desde sábado aconteceu no mesmo dia da famosa falha de energia em Julho 1977. Durante uma onda de calor, a cidade de Nova Iorque ficou às escuras por mais de um dia, situação que provocou assaltos e confrontos em várias partes da cidade.

1
1