www.publico.ptpublico.pt - 13 jul 22:10

Benfica com uma goleada para a viagem

Benfica com uma goleada para a viagem

“Encarnados” derrotam de forma folgada a Académica antes de viajarem para os EUA onde vão participar num torneio de pré-temporada.

Foi com um triunfo expressivo por 8-0 que o Benfica venceu neste sábado a Académica, em Coimbra, naquele que foi o segundo jogo de pré-época de ambas as equipas. Depois da derrota (2-1) a meio da semana contra o Anderlecht, no Estádio da Luz, a equipa “encarnada” encontrou muito mais facilidades frente aos “estudantes”.

Bruno Lage manteve o esquema táctico com que, previsivelmente, o Benfica vai atacar a nova temporada. Um 4x4x2 que ontem contou com Chiquinho e De Tomás como dupla mais avançada. Em relação ao encontro com o Anderlecht, o treinador benfiquista promoveu seis alterações: saíram Zlobin, Salvio, Ferro, Florentino, Taarabt e Jonas; entraram Svilar, João Ferreira, Rúben Dias, Samaris, Rafa e Chiquinho.

E os minutos iniciais não foram fáceis para os campeões nacionais. A Académica, que tinha empatado a zero com o Anadia no seu primeiro jogo de pré-época e que apresentou três reforços no “onze” inicial (Silvério, Cerqueira e André Claro), entrou a pressionar e deu muito trabalho ao meio-campo defensivo e ao sector mais recuado dos “encarnados”, que não se deram bem com a pressão da formação agora treinada por César Peixoto.

Mas, depois desses dez minutos, o Benfica tomou conta do encontro. Baseando muito do seu jogo nos lançamentos longos para as “costas” da defesa da Académica, a equipa lisboeta foi ganhando superioridade.

O primeiro golo do Benfica – cruzamento de Grimaldo, finalização de Rafa – foi o desbloqueador do encontro que, a partir desse momento, passou a ter apenas um só sentido.

Ainda antes do intervalo, erros do central Yuri Matias e do guarda-redes Júlio Neiva, ofereceram a De Tomás a oportunidade de se estrear a marcar com a camisola do Benfica. O espanhol bisou e saiu ao intervalo.

O descanso, contudo, só chegaria um pouco mais tarde, porque a partida teve que ser interrompida alguns minutos devido a desacatos nas bancadas do estádio e que provocaram, pelo menos, um ferido, que teve que ser levado ao hospital

A segunda parte trouxe uma equipa “encarnada” quase toda renovada. E a superioridade benfiquista manteve-se e ainda se acentuou mais, contando também com mais uma série de erros infantis dos jogadores da Académica. Conti, na sequência de um canto, fez o 4-0 e voltaria a festejar alguns minutos depois. Antes, foi a vez de Pizzi e Seferovic marcarem, cabendo a Taarabt fechar o marcador para os campeões nacionais.

Para o Benfica, segue-se uma longa viagem para os EUA, onde vai participar num torneio de pré-época em que terá como adversários o Chivas, a Fiorentina e o Milan, adversários que colocarão outro tipo de dificuldades às “águias”.

1
1