pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 13 jul 21:00

Android One: Tudo o que já sabemos sobre o Xiaomi Mi A3

Android One: Tudo o que já sabemos sobre o Xiaomi Mi A3

A Xiaomi começou subitamente a promover em massa o seu próximo smartphone que será lançado ao abrigo do programa Android One, o Xiaomi Mi A3.

A tecnológica chinesa está prestes a anunciar o seu próximo smartphone a ser lançado ao abrigo do programa Android One da Google. O terminal tem sido alvo de várias fugas de informação, com a mais recente a ser causada pela própria marca, entre outras fontes, mostrando o Xiaomi Mi A3.

Em seguida ficará a conhecer todas as novidades e informações disponíveis até ao momento!

Ao que tudo indica, o novo smartphone com Android One será uma cópia fiel do recém-apresentado Xiaomi Mi CC9. Portanto, contamos com caraterísticas e processador de gama média-alta, felizmente também já revelado na internet. Além disso, teremos pelo menos três cores para este Xiaomi Mi A3.

O próximo smartphone com ADN Android One

A terceira iteração de um dos produtos mais bem-sucedidos da Xiaomi está prestes a chegar. Quem o diz é a própria empresa que através das suas várias redes sociais já começou a divulgar o produto. Ao propósito, veja-se uma das recentes publicações na página oficial da marca no Facebook.

Aí podemos ver uma das mais recentes imagens claramente alusivas ao smartphone. No caso em concreto, temos a indicação da superioridade da próxima geração, além do logótipo Android One bem visível. A promessa aqui é a de mais inteligência artificial e desempenho, sem limites.

Além disso, teremos uma câmara fotográfica principal, tripla. Esta será composta por um sensor primário de 48 MP (f/1,8), sensor secundário de 8 MP (f/2,2) e, por fim, um sensor de 2 MP (f/2,4). Já a sua câmara frontal deverá chegar com 32 MP de resolução, bem como uma abertura focal de f/2,0.

O promissor Xiaomi Mi A3

Continuando a acompanhar os Mi CC9, nos Mi A3 não teremos um leitor de impressões digitais visível. No entanto, ele estará presente, desta vez sob o ecrã AMOLED. Aliás, contamos aqui com um ecrã de 6 polegadas com resolução Full-HD+. Apontamos também o formato panorâmico, além do notch.

Em seguida podemos ver mais material oficial publicado recentemente. Aí vemos uma alusão à popularidade dos smartphones com Android One, além do novo logótipo. Já em terceiro lugar temos uma alusão à nova câmara fotográfica, ou capacidades fotográficas do smartphone.

Já ao nível dos materiais de construção contamos com um terminal construído em vidro, com a sua estrutura a ser metálica. Já, por sua vez, podemos ter aqui a porta áudio P2 (jack de 3,5 mm), além da porta para infravermelhos. Isto já com base em novas representações digitais do produto.

As novas imagens do Mi A3

Sendo o seu design bastante familiar, novamente em linha com os Mi CC9, temos aqui linhas contemporâneas e um formato retangular. Além disso, na parte inferior encontramos a porta USB do Tipo C, além das grelhas para microfone e auscultador. Note-se também os esquemas de cor.

Com efeito, o utilizador poderá escolher entre o preto / cinza, o branco / pérola e o azul. Em todos estes casos teremos um terminal com brilho conferido pelo vidro. Ainda no quesito do design e construção, apontamos a ligeira protuberância que se faz notar na sua traseira, para a câmara.

Ao nível do processador, ainda que relatos anteriores apontassem o o Snapdragon 710 da Qualcomm, ou mesmo o Snapdragon 730, aponta-se agora o processador Snapdragon 655 de gama média. No entanto, convém ter em atenção que esta pode ser a configuração do Mi A3 Lite.

As caraterísticas técnicas do Xiaomi Mi A3

Espera-se ainda que este smartphone lançado ao abrigo do programa Android One surpreenda pela autonomia. Para tal, contará com uma bateria com cerca de 4000 mAh de capacidade. Desse modo, será um sério reforço neste quesito que pode sempre ser melhorado.

Acima podemos ver alguns detalhes no ecrã do mesmo. Em primeiro lugar temos a indicação da câmara fotográfica com um sensor de 48 MP. Aí encontramos também a menção à lente ultra grande-angular. Veja-se ainda a referência aos 4030 mAh de capacidade, ou ao leitor embutido no ecrã.

Software fornecido pela Google com atualizações durante 3 anos

Aliás, é também aí que temos a referência ao processador Snapdragon 655 da Qualcomm. Já na parte inferior temos o logótipo Android One, sinalizando a proveniência do seu software. A saber, será o Android Pie no seu estado mais puro, tal como é distribuído pela Google.

O Xiaomi Mi A3 usufruirá de atualizações de sistema durante 2 anos, além de atualizações de segurança durante 3 anos. Além disso, para quem não gostar do aspeto da MIUI, o Android stock poderá ser a solução ideal. Já numa outra nota, vemos também os acessórios incluídos na caixa.

Estas três últimas imagens (duas justapostas) mostra-nos o produto real. Ainda que a sua fiabilidade não possa ser atestada a 100%, o material é convincente. Assim, teremos uma nova caixa com a indicação das cores disponíveis, bem como o nome do modelo.

Por fim, relativamente aos preços não temos qualquer indicação minimamente plausível. Aqui temos apenas a margem de comparação dos Mi CC9e, versão com especificações muito similares ao suposto Xiaomi Mi A3, ainda que os preços devam variar para o nosso mercado.

A saber, o Mi CC9e, na versão base (64 GB / 4 GB) custa o equivalente a 189 dólares, ou 167 euros. Já a versão mais onerosa (128 GB / 6 GB), custa o equivalente a 232 dólares, ou cerca de 205 euros, na China.

Leia mais…

Xiaomi Mi CC9, Mi CC9e e CC9 Meitu Edition já são oficiais!

1
1