exameinformatica.sapo.ptexameinformatica.sapo.pt - 13 jul 10:08

Facebook revela que dados estão a ser usados para lhe mostrarem publicidade

Facebook revela que dados estão a ser usados para lhe mostrarem publicidade

Nova funcionalidade quer trazer maior transparência à relação entre anunciantes e utilizadores.

Sempre que vir um anúncio de uma empresa no seu feed de Facebook, agora pode saber com maior detalhe por que razão aquela publicidade em específico está a ser mostrada. Por outras palavras, a rede social agora diz mais sobre os dados que estão a ser usados pelos anunciantes no direcionamento de anúncios.

A funcionalidade já existia, sendo a novidade o reforço no número de informações que são mostradas e que dão ao utilizador uma melhor “imagem” de como as suas informações pessoais são usadas.

Quando vir uma publicidade, se carregar nos três pontos que surgem na parte superior direita, vai abrir-se um menu e uma das opções é «Porque é que estou a ver este anúncio?». Quando carrega nesta opção, abre-se uma janela na qual o Facebook detalha quais são os dados de cada utilizador que estão a ser usados no direcionamento daquela publicidade específica.

Fica aqui um exemplo dos detalhes que os utilizadores poderão encontrar, sendo que a informação varia consoante a pessoa e o anúncio.

«Estás a ver este anúncio porque [nome da empresa] pretende alcançar pessoas com interesse em publicidade online, baseado na tua atividade no Facebook, como gostar de Páginas ou clicar em anúncios. Pode haver outros motivos por que estás a ver este anúncio, nomeadamente porque [nome da empresa] pretende alcançar pessoas entre os 23 e os 50 anos que vivem em Portugal. Esta informação é baseada no teu perfil do Facebook e à origem da tua ligação à Internet.»

A partir deste menu é também possível gerir as preferências de publicidade, o que dá ao utilizador um acesso mais fácil para controlar quais as categorias e perfis de anúncios que podem vir a surgir-lhe no futuro. O Facebook dá ainda a possibilidade de consultar uma lista de empresas que têm acesso aos seus dados.

“Continuamos a trabalhar para tornar os anúncios mais transparentes e mais fáceis de controlar», escreve Sreethu Thulasi, gestor de produto do Facebook, no blogue oficial da empresa no qual foi revelada as novidades.

1
1