exameinformatica.sapo.ptexameinformatica.sapo.pt - 13 jul 10:35

WF-1000XM3: primeiras impressões dos auriculares sem fios com cancelamento de ruído

WF-1000XM3: primeiras impressões dos auriculares sem fios com cancelamento de ruído

Os auriculares premium da Sony vão chegar ao mercado português a 8 de agosto e terão um preço de €250

É provável que já conheça ou tenha ouvido falar nos WH-1000XM3, os auscultadores premium da Sony com cancelamento de ruído e cuja qualidade até lhe valeu a distinção de ser um dos produtos do ano nos Prémios os Melhores do Portugal Tecnológico da Exame Informática. Agora, a marca nipónica tenta replicar o conceito com os WF-1000XM3, uns auriculares sem fios e com cancelamento de ruído.

Estes auriculares contam com um sensor de ruído duplo e processador QN1e HD de cancelamento de ruído, contando com um processamento de sinal de áudio de 24 bits e DAC com amplificador. Além disso, possui DSEE HX (Digital Sound Enhancement Engine HX) para fazer o upscale de ficheiros de música digitais comprimidos, como o MP3. Ou seja, a Sony tanto pretende apostar na componente de cancelamento de ruído como na de qualidade do áudio. A Exame Informática foi um de três órgãos de comunicação social convidados para um primeiro contacto com os WF-1000XM3 e ficámos particularmente impressionados com a capacidade de cancelamento de ruído (NC), especialmente depois de se fazer a personalização através da app.

A autonomia anunciada é de 8 horas, mas a caixa de transporte dos auriculares permite fazer três carregamentos, o que aumenta a autonomia para as 32 horas – atenção que, se for usada sempre a funcionalidade de NC, o valor baixa para as 24h. Além disso, está prometido que apenas 10 minutos de carga são suficientes para ganhar bateria capaz de reproduzir mais 90 minutos de música.

Em relação à caixa de transporte importa referir que ela carrega por USB-C e não suporta carregamento sem fios. Não é tão pequena como desejávamos, mas é possível levá-la, por exemplo, num dos bolsos das calças. As cores disponíveis são o preto e o prateado, ambas com apontamentos em dourado.

Entre os pormenores que mais nos chamaram a atenção está o novo chip Bluetooth que permite uma transmissão em simultâneo para o lado esquerdo e direito (em detrimento da tradicional retransmissão esquerdo/direito) e a capacidade de se poderem usar os gestos de comando em qualquer um dos lados dos auriculares (o que poderá ser especialmente conveniente para os canhotos).

Os WF-1000XM3 chegarão ao mercado português a 8 de agosto e terão um preço de €250. A Exame Informática terá oportunidade de testá-los em breve – estamos particularmente interessados ver a qualidade da reprodução do áudio e o nível de conforto depois de uma utilização prolongada (a disponibilização de 4 tamanhos de auriculares híbridos e 3 tamanhos de auriculares de triplo conforto pareceu-nos interessante) – e publicará uma review completa na edição de setembro da revista.

1
1