observador.ptobservador.pt - 14 jun 14:23

PJ fez buscas na Câmara Municipal de Ponte da Barca, por suspeitas de corrupção

PJ fez buscas na Câmara Municipal de Ponte da Barca, por suspeitas de corrupção

Uma brigada da PJ esteve a realizar buscas na Câmara de Ponte da Barca. Em causa está uma subida suspeita de categoria como funcionário da autarquia de um vereador da oposição.

Uma brigada da Polícia Judiciária esteve esta quinta-feira a realizar buscas na Câmara Municipal de Ponte da Barca, segundo revela o meio de comunicação Minho Digital.

Em causa está uma subida de categoria como funcionário da Câmara Municipal de Inocêncio Araújo, cabeça de lista do PS, horas depois de ter aprovado o orçamento da autarquia, liderada pelo social-democrata Augusto Marinho.

Durante as rusgas, os inspetores da PJ recolheram o depoimento de vários responsáveis por cargos políticos, incluindo o de Maria José Gonçalves. Na época, a vereadora, que tinha, entre outros pelouros, o da Cultura, absteve-se na votação para as opções do Plano e Orçamento de 2019 apresentado pelo executivo da autarquia. Posteriormente, viu os seus cargos serem-lhe retirados por Augusto Marinho.

Tendo em conta a abstenção desta vereadora, a posição favorável de Inocêncio Araújo mostrava-se fundamental para o sucesso do projeto orçamental.

Segundo a mesma fonte, o executivo que lidera a Câmara Municipal de Ponte da Barca tem passado um momento de “paz podre”, com o mal estar e a desagregação a preocupar o PSD sobre as hipóteses de “êxito do partido num próximo acto eleitoral”.

1
1