www.dinheirovivo.ptdinheirovivo.pt - 14 jun 20:09

'Hackearam' robô de cozinha do Lidl e descobriram um microfone escondido

'Hackearam' robô de cozinha do Lidl e descobriram um microfone escondido

Sistema operativo do robô de cozinha do Lidl não é atualizado desde outubro de 2017. Cadeia de supermercados garante que segurança está assegurada.

Surgiu como um desafio, mas rapidamente se transformou numa grande descoberta. Alexis Viguié e Adrien Albisetti são dois amigos franceses amantes da informática. Os dois foram desafiados a instalar um videojogo no robô de cozinha do Lidl – o Monsieur Cuisine Connect, uma versão low-cost da conhecida Bimby.

Aquilo por que não esperavam ao hackear o aparelho era descobrir um microfone oculto, revela o El País. E mais: o sistema operativo não era atualizado desde outubro de 2017.

“Não acreditamos que o Lidl tenha a intenção de nos espiar”, diz Adrien Albisetti ao diário espanhol. Apesar de ter usado pouco o robô de cozinha, conta que “funciona muito bem”. Mas considera importante que se saiba que a “versão para Android é antiga e vulnerável a piratas informáticos que podem conseguir chegar ao controlo do aparelho e ouvir o som ambiente através do microfone”. Ainda que o acesso ao microfone seja limitado, Adrien Albisetti afirma ser importante desligar o aparelho sempre que não está em utilização.

Através de um tutorial, os dois amigos conseguiram desbloquear o interface Android do robô de cozinha e usar o ecrã como se fosse um tablet. A grande surpresa foi quando perceberam que o dispositivo tinha um microfone que parecia estar desativado por padrão, mas em perfeito estado de funcionamento. “Fizemos uma investigação sobre o hardware do robô e foi assim que descobrimos a presença de um microfone “, diz Adrin Albisetti.

Em resposta ao jornal espanhol, o Lidl indicou que o microfone está desativado e que a “segurança do Monsieur Cuisine está garantida”. A cadeia de supermercados salienta ainda que o microfone está pensado para “futuras funcionalidades como o controlo de voz, tal como acontece com outros eletrodomésticos de características similares”.

“Se o controlo de voz chegar no futuro, mediante uma atualização do software, o microfone só pode ser ativado depois do consentimento expresso do utilizador”, explica o Lidl. “Atualmente, só um uso fraudulento e mal-intencionado do produto pode ativar o microfone”.

Adrien Albisetti explica que é “perigoso ter um sistema operativo antigo porque este fica mais vulnerável”. O especialista em informática dá o exemplo: uma pessoa que hackeia o robô poderia “ouvir através do microfone, usar o aparelho como fonte de um ataque massivo ou instalar programas maliciosos”.

O Monsieur Cuisine comercializa-se em muitos países onde o Lidl marca presença, como o Reino Unido, França, Alemanha e Espanha. Está também prevista a sua chegada a Portugal.

1
1