eco.sapo.pteco.sapo.pt - 12 jun 14:59

Travagem na inflação puxa por Wall Street

Travagem na inflação puxa por Wall Street

Os principais índices dos EUA estão em alta ligeira, no dia em que foi divulgado uma subida modesta da inflação, que reforça o cenário de corte dos juros pela Fed. Guerra comercial impede maior ganho.

As ações norte-americanas negoceiam em alta ligeira, perante os dados da inflação divulgados nesta quarta-feira, que reforçam um cenário de descida de juros pela Reserva Federal dos EUA (Fed). A postura firme dos EUA na guerra comercial com a China impede ganhos mais acentuados em Wall Street.

O S&P 500 iniciou a sessão a somar uns ligeiros 0,07%, para os 2.887,72 pontos, enquanto o Dow Jones avança 0,09%, para os 26.072,67 pontos. Apenas o Nasdaq destoa, com uma quebra de 0,13%, para os 7.812,35 pontos.

Wall Street recupera assim após uma sessão de perdas também ligeiras, com o início da sessão marcado pela divulgação da inflação que em maio subiu 0,1%.

“Não estamos a ver sinais de aceleração da inflação. Esta é uma das coisas que pode levar a Fed a pensar em descer os juros ainda este ano”, afirmou Art Hogan, responsável pela estratégia de investimento do National Securities, citado pela Reuters.

Contudo, a guerra comercial entre os EUA e a China continua a travar o ímpeto dos ganhos em Wall Street, isto depois de na terça-feira Donald Trump, ter confirmado as ameaças feitas pelo secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, de que serão aplicadas tarifas adicionais aos produtos chineses se não houver um encontro com Xi Jinping no G-20, que se realiza a 28 e 29 de junho em Osaka (Japão).

Trump ameaçou que, nesse caso, irá aumentar as tarifas aduaneiras de imediato, sugerindo que as taxas podem ir além dos 25%.

1
1