observador.ptobservador.pt - 12 jun 18:22

O salário mínimo em 2018 era inferior ao de 1974?

O salário mínimo em 2018 era inferior ao de 1974?

Um artigo copiado com 4 anos de atraso — e partilhado em 2018 e 2019 como se fosse atual — indica que o salário mínimo seria mais baixo do que em 1974. Os números são enganadores.

A frase

“"Quem recebe o salário mínimo ganha menos 12 euros do que em 1974 (descontando a inflação)"”

— Site Tuga Press, 4 de janeiro de 2019

Partilhar:

Incorporar: <iframe src="https://observador.pt/factchecks/o-salario-minimo-em-2018-era-inferior-ao-de-1974/embed/" width="600" height="280" frameborder="0"></iframe>

Em setembro de 2018, o site Tuga.press publicou um artigo — que agora voltou a ser muito partilhado no Facebook — em que copiou a informação de uma notícia que já tinha quatro anos. O artigo original foi escrito pelo Jornal de Notícias — embora o Tuga.press atribua o texto ao DN —, citando dados do portal estatístico Pordata, nomeadamente sobre o salário mínimo nacional. Nessa notícia era referido que “quem recebe o salário mínimo ganha menos 12 euros do que em 1974 (descontando a inflação)”.

O artigo copiado pelo Tuga.press não revela o ano a que dizem respeito os dados, nem os valores que permitem chegar àquela conclusão. Mas, tendo em conta que o artigo original é de outubro de 2014, provavelmente os dados seriam referentes a 2013 — período do resgate financeiro, em que o salário mínimo esteve congelado nos 485 euros.

Quando o site Tuga.press partilhou o artigo, em setembro de 2018, acompanhou-o com a pergunta: “E o governo diz que ainda estamos melhores?”. Em outubro, voltou a partilhá-lo, pedindo uma revolução.

O site voltaria reciclar o texto na sua página do Facebook, a 4 de janeiro deste ano, como se fosse atual.

O Salário Mínimo Nacional foi criado em maio de 1974, no mês seguinte ao 25 de Abril, com o valor de 3.300 escudos por mês — ou seja, 16,50 euros. Nesse ano, o valor foi pago em 13 prestações, uma vez que só os funcionários públicos tinham direito ao subsídio de férias. Em 1975, o 14.º mês seria alargado a todos os trabalhadores.

Ora, para permitir uma comparação justa entre diferentes anos, os valores analisados devem ser anuais ou divididos por um mesmo número de meses. Por isso, na mesma tabela sobre o salário mínimo em que o artigo se baseou, a Pordata disponibiliza uma coluna com o valor mensalizado, isto é, sempre dividido por 12 prestações.

Em 1974, os tais 16,50 euros (x 13 meses) equivaliam a um salário mínimo de 17,80 euros durante 12 meses. E, tendo em conta a evolução dos preços desde o ano da revolução, esse valor corresponderia, em 2018, a 595,42 euros (cálculos feitos através do simulador do Instituto Nacional de Estatística).

Ou seja: em 2018, ano de publicação do texto do Tuga.press, o salário mínimo era superior ao de 1974 em mais de 81 euros por mês, atingindo os 676,70 euros (x 12 meses). Mesmo olhando para os dados de 2017 (que poderiam ser os únicos disponíveis naquela data), vemos que o salário mínimo seria superior em mais de 60 euros por mês face ao valor de 1974.

E em 2013, ano que terá servido de base à notícia original? O valor do salário mínimo a 12 meses era, de facto, mais baixo do que no ano da revolução em 11,09 euros por mês. Mas desde então passaram-se quatro anos e a economia portuguesa evoluiu — por isso, é enganador partilhar hoje, como se fosse novo, um texto com a conclusão de que “quem recebe o salário mínimo ganha menos 12 euros do que em 1974 (descontando a inflação)”.

Conclusão

Quando o JN escreveu o artigo em outubro de 2014, o salário mínimo era realmente mais baixo do que o de 1974 (descontando a inflação). Mas dados divulgados com quatro anos de atraso como se fossem novos, como fez o Tuga.press — e quando existem números atualizados —, devem ser considerados enganadores.

De 2009 a 2018 — tendo em conta a inflação — o salário mínimo nacional foi mais baixo do que em 1974 em quatro ocasiões: 2009, 2012, 2013 e 2014. Mas, como é possível constatar no gráfico seguinte, desde 2015 o valor do salário mínimo nacional tem superado sempre o de 1974.

Em 2019, o salário mínimo nacional tem o valor de 600 euros, pago em 14 meses — o equivalente a 700 euros em 12 meses.

Assim, segundo a classificação do Observador, este conteúdo é:

Enganador

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

MISTO: As alegações do conteúdo são uma mistura de factos precisos e imprecisos ou a principal alegação é enganadora ou incompleta.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

O Observador é signatário e entidade verificada pelo International Fact-Checking Network (IFCN)
1
1