sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 12 jun 17:54

Abanca quer crescer 30% até 2021

Abanca quer crescer 30% até 2021

Juan Carlos Escotet garante que Abanca estará “sempre atenta a novas oportunidades de negócio”.

Depois de ter concluído “com sucesso” a compra do negócio de retalho do Deutsche Bank, o espanhol Abanca já funciona em Portugal, sendo a décima instituição financeira do mercado português. O volume de negócios é de mais de sete milhões de euros.


Até 2021, o objetivo é superar um volume de negócios de 9400 milhões de euros, tendo 5400 milhões de euros em recursos de clientes e ainda 4150 milhões em volume de ativos. Assim, os responsáveis esperam crescer 30% em Portugal em dois anos.


“Estamos atentos às oportunidades que existem. Já somos um banco com perfil ibérico e Portugal passa a ser a nossa operação internacional mais relevante”, disse o presidente do Abanca, Juan Carlos Escotet, que esteve presente na apresentação do novo banco, ontem, em Lisboa. 


Com a compra do Deutsche Bank, o Abanca conta agora com 500 colaboradores no nosso país, espalhados por 70 agências. Com perspetiva de crescimento para o futuro, o presidente da instituição não deixa de parte a hipótese de serem criados mais balcões em distritos onde atualmente não existem.


Juan Carlos Escotet aproveitou ainda a oportunidade para elogiar o mercado português, que considerou ter um setor bancário “muito competitivo, com bons indicadores e uma referência no mercado”.

1
1