sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 12 jun 16:37

Grávida de seis meses decapitada em Espanha

Grávida de seis meses decapitada em Espanha

A mulher foi encontrada em casa morta e despida

Isabel Elena Rducano, uma romena de 26 anos, foi encontrada na sua residência em Xativa, Espanha, decapitada e nua, em cima da cama. A mulher estava grávida de seis meses.

O marido, de 32 anos, alertou as autoridades, dizendo que quando chegou do trabalho encontrou a mulher morta.

As autoridades colocam como hipótese a ligação da vítima a uma rede de prostituição sem o conhecimento do parceiro, de acordo com o El País. Hipóteses de roubos também estão em cima da mesa.

Ao mesmo jornal, vizinhos da vítima afirmaram que ouviram gritos. Acrescentaram que não era costume, já que o casal não era conflituoso, e que aparentemente tinha uma relação ‘normal’. Porém, outros referiram que era frequente. ouvirem discussões.

Segundo fontes próximas, na hora do crime, o marido estaria a trabalhar e, além disso, este não tem antecedentes de violência doméstica.

A polícia espanhola está a investigar o caso e todas as hipóteses que de alguma forma expliquem o porquê do crime, estão em aberto.

Um dia antes desta ocorrência, um homem assassinou a mulher, Beatriz Arroyo, em Valência, Espanha.

Os responsáveis pelo município de Xativa acharam o crime abominável e decidiram fazer um dia de luto em nome da vítima.

1
1