www.jn.ptjn.pt - 17 mai 16:31

Pelo menos nove mortos em conflitos étnicos na Costa do Marfim

Pelo menos nove mortos em conflitos étnicos na Costa do Marfim

Pelo menos nove pessoas morreram e 84 ficaram feridas durante confrontos entre indígenas baoulé e não indígenas dioula no centro da Costa do Marfim, anunciou esta sexta-feira o diretor de um hospital na região.

"Há nove mortos, sete corpos estão na morgue de Béoumi e os outros dois em Bouaké", afirmou Victor Kouamé, diretor do hospital geral de Béoumi, onde decorreram os confrontos nos dias 15 e 16, acrescentando que estes provocaram 84 feridos.

Béoumi, uma cidade a 60 quilómetros a oeste de Bouaké, está atualmente sob o controlo da polícia.

De acordo com a agência France-Presse, militares, guarda nacional e polícia patrulham a cidade para evitar novos confrontos.

A polícia tinha já intervindo durante os confrontos, tendo lançado gás lacrimogéneo sobre os envolvidos para separar os dois grupos na cidade de Béoumi, próxima de Bouaké.

Na origem dos confrontos está uma velha disputa entre os taxistas de etnia dioula e os motoristas de moto-táxis Baoulés.

"Uma briga entre um motorista de táxi e um motorista de moto-táxi na praça de táxis" reacendeu as tensões na segunda-feira antes dos confrontos durante o meio da semana, de acordo com Innocent Koffi, um agricultor baoulé em Béoumi.

O ministro da Comunicação e porta-voz do Governo, Sidi Touré Tiemoko, nativo do local e membro eleito do distrito, visitou Béoumi.

"Houve uma briga entre dois irmãos, um motorista Malinké [dioula] e um Baoulé, [motorista] de moto-táxi. Esta briga levou a acreditar que o Baoulé estava morto e foi isso que fez com que as coisas degenerassem", afirmou o ministro à AFP, rejeitando avançar com o número de mortos até ser feito "um relatório completo".

Os confrontos intercomunitários, muitas vezes mortais, são comuns na Costa do Marfim, país cuja população, de 22 milhões de pessoas, se distribui por dezenas de grupos étnicos, além de uma grande comunidade estrangeira.

Além do transporte, também a disputa de terras está na origem destes conflitos.

1
1