tek.sapo.pttek.sapo.pt - 17 mai 13:31

Sugestão TeK: Como criar um sistema de som multiroom em sua casa

Sugestão TeK: Como criar um sistema de som multiroom em sua casa

Parece um sonho: hoje podemos gerir a música que ouvimos em cada divisão da casa recorrendo apenas ao smartphone. Saiba como e conheça algumas soluções que permitem criar um ...

Rede Wi-Fi com boa cobertura em toda a casa. Uma boa playlist, a seu gosto. Que “ingrediente” falta a esta dupla para que possa ouvir as suas músicas preferidas em toda a casa? Fácil: um sistema de som multiroom. Ou algo parecido.

Dizemos algo parecido porque existem hoje duas grandes formas de reproduzir toda a sua coleção musical em todas as divisões da sala: pode fazê-lo com sistemas de som que recorrem à rede sem fios doméstica basearem as ligações necessárias; e também com altifalantes Bluetooth com uma funcionalidade “especial”. Sendo que, quase sempre, o Bluetooth é presença nos sistemas de som com Wi-Fi.

Mas, antes disso, vejamos rapidamente em que consiste um sistema de som multiroom. Basicamente, é um conjunto de dois ou mais altifalantes que podemos espalhar pelas várias divisões da casa e que recorrem à rede sem fios para “comunicarem” entre si. Isto é o mesmo que dizermos que podemos fazer com que todas as unidades estejam a reproduzir as mesmas músicas, além de que, em alternativa, podemos definir que cada coluna toca temas ou playlists diferentes.

Clique nas imagens para ver alguns dos melhores sistemas de som multiroom com base na rede Wi-Fi.

Estes são os melhores sistemas de som multiroom com base em Bluetooth.

Esta gestão, como seria de esperar, pode ser efetuada no smartphone (ou noutro terminal móvel), desde que este permita instalar as apps móveis que normalmente as marcas destes sistemas de som disponibilizam gratuitamente para o efeito. É com recurso a esta soluções que podemos fazer de tudo um pouco: escolher que playlist toca onde, equalizar o som, configurar as opções do sistema, decidir se reproduzimos a mesma playlist em todas as divisões ou músicas diferentes. E o mais importante…

Fontes de som

O mais importante é que é através destas apps e do smartphone que podemos selecionar a fonte das músicas que queremos reproduzir. O suporte Wi-Fi faz com que possamos usar o Spotify ou qualquer outro sistema de streaming de música.

E, geralmente, estes sistemas de som incluem ligações com portas USB, por exemplo, cabendo à app escolher o que está a tocar e a fonte de som em causa. Relembramos que, com recurso ao Wi-Fi para a relação com o sistema de som, a música não para quando o smartphone toca. E também podemos ouvir rádios online, por exemplo.

Com os sistemas Bluetooth, contudo, tal não é possível. Mas há outras vantagens, entre elas o preço, visto que os mais bem equipados sistemas de som multiroom são caros. O funcionamento de um altifalante Bluetooth, maior ou mais pequeno, portátil ou “fixo”, dispensa apresentações: basta emparelhar com o smartphone e começar a reprodução.

Mas, para satisfazer necessidades multiroom, têm de verificar-se duas condições: é preciso ter mais do que uma unidade (igual ou compatível) e que essas colunas contem com a funcionalidade Party Link (ou equivalente). Cria-se uma “cadeia” entre os vários equipamentos, que têm de estar dentro do alcance Bluetooth uns dos outros, e está estabelecido o multiroom, caso coloquemos uma unidade em cada espaço a “animar”.

Para dar uma ajuda na escolha, acima estão duas galerias com sistemas de som de ambos os tipos e que podem ajudar a dar mais “cor musical” a todas as divisões da sua casa. Aposte na qualidade, no entanto: lembre-se que, por vezes, mais vale ter um bom sistema de som na sala do que várias unidades “medianas” em várias divisões. Depende do objetivo de cada utilizador.

Newsletter Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email. Na sua rede favorita Siga-nos na sua rede favorita.
1
1