visao.sapo.ptvisao.sapo.pt - 14 mai 10:36

Vhils está de olho nos apreciadores de cerveja

Vhils está de olho nos apreciadores de cerveja

A primeira de dez colunas de cerveja à pressão, desenhadas por Vhils, já está n'O Bom O Mau e O Vilão, no Cais do Sodré, em Lisboa. Ao todo, serão dez os bares de todo o País a receber a peça do artista

Fique atento na hora de pedir uma imperial no bar O Bom O Mau e o Vilão, no Cais do Sodré, em Lisboa. Mais do que uma coluna de cerveja, a peça feita em cimento, que surge da parceria entre o streat artist Alexandre Farto aka Vhils e a marca Super Bock, é uma obra de arte. Ao todo, vão ser dez colunas, a instalar em dez bares de todo o País.

“A ideia era criar uma interação com quem vê a peça, mas também estabelecer uma ligação com o que tenho feito até hoje. De alguma forma, todos estes projetos, embora feitos em contextos diferentes, contribuem para um corpo de trabalho”, salienta o autor.

Para criar a peça, feita em diferentes camadas, Vhils conta ter precisado de seis meses de trabalho, desde o desenho ao molde no cimento, um material com o qual diz ter uma “relação amor-ódio”, até terminar o último detalhe. “Vai ficar no bar e será vista e vivida por todos”, nota Vhils, que reinventou uma peça já antes trabalhada por outros artistas e designers.

“A maior dificuldade foi conseguir que o cimento chegasse ao pormenor que eu queria. Foi um processo moroso, houve vários avanços e recuos, mas conseguimos a resistência certa para o resultado final que queríamos", revelou na apresentação. "Se, por um lado, tem que ser resistente, por outro tem que ter durabilidade e respeitar uma função.”

Aliado à mestria cervejeira, a Super Bock tem vindo a apoiar a cultura e a arte, nomeadamente a música e a arte pública. A parceria entre a marca e Vhils começou de forma tímida, com as exposições na Ásia, seguindo-se a Galeria Underdogs e o Festival Iminente. "Mas há mais planos para este ano", diz Maria Estarreja, diretora de Patrocínios da Super Bock, referindo-se à criação de um grande mural na sede da empresa, em Leça do Balio, Matosinhos, e um documentário sobre arte urbana.

A coluna de cerveja à pressão, criada pelo artista Vhils, é feita em cimento

A coluna de cerveja à pressão, criada pelo artista Vhils, é feita em cimento

6
1