expresso.ptexpresso.pt - 14 mai 14:12

João Ferreira e o ranking dos eurodeputados. “O que é isso de ser influente?”

João Ferreira e o ranking dos eurodeputados. “O que é isso de ser influente?”

Pelas ruas de Vila Franca de Xira há apoios ao candidato da CDU. Mas também há dúvidas. “Dizem que a melhor foi a Marisa”, diz um comerciante na habitual sessão de passou bens. João Ferreira puxa dos galões e quer mostrar que os três eurodeputados comunistas valem mais que os outros 18 juntos. “Veja na internet e tire as suas conclusões”

Orwell bem dizia: "somos todos iguais, mas uns são mais iguais do que os outros". Esta manhã, na arruada com que a CDU abriu o dia de campanha, João Ferreira bateu de caras com os adversários políticos. No "Meu Supermercado", quando a comitiva entra pela loja adentro, o comerciante agradece o panfleto, mas não resiste a comentar: "dizem que a Marisa foi a melhor".

A candidata (e adversária) do Bloco de Esquerda entra de surpresa no discurso de campanha. João Ferreira explica que é preciso ir ao site do Parlamento Europeu, seleccionar os deputados portugueses e ver relatórios, interven��ões, "posicionamentos e iniciativas". "Veja e tire as suas conclusões", disse ao homem, bem mais interessado em aviar clientes em terra do que em navegações no universo virtual.

Mas a dica ficou. Mais à frente, quando a tripla de socios da Ourivesaria Ribatejo se perfilou ao balcão para saudar a comitiva da CDU,o candidato regressou ao tema. Um dos ourives prometeu "tá bem, vamos ver e fazer uma análise" com o panfleto eleitoral na mão e vontade de voltar ao trabalho. João Ferreira agarrou a oportunidade. "Isso mesmo! Vejam na internet, pesquisem os 21 deputados e tirem as vossas conclusões. E depois digam se somos todos iguais, ou não".

Aos jornalistas entre críticas à "promiscuidade entre poder político e poder económico" e recados contra todos os partidos que, à excepção do PCP vetou legislação europeia para travar a evasão fiscal para paraísos sem impostos, João Ferreira voltou à carga. "O que é ser um deputado influente?", perguntou. Ele que traz como bandeira ter trabalho feito ("os nossos três deputados fizeram mais do que os 18 outros juntos", faz questão de repetir) diz que "não tememos comparações, até gostamos".

E porque, "a influência não se mede em abstrato", vem para o terreno prestar contas. Antes que as primeiras sondagens comecem a tornar o cenário mais concreto para a CDU mostra "confiança" e mantém no horizonte o objetivo de alcançar "um reforço" dos resultados na urnas.

Quanto às críticas na rua, não são significativas. "Somos sempre bem recebidos", diz ao Expresso. Uma senhora recusou um folheto, por estar carregada de sacos de compras. "Agora não tenho mãos para isso", disse. João Ferreira aprende rápido. Minutos depois, em situação semelhante, fez questão de "deixar este papel aqui dentro do seu carrinho de compras". E lá ficou.

10
1